Segunda-feira, 21 de Março de 2005

Diário de uma louca - IV

diario de uma louca4.jpg


IV


Fui ao cinema. Precisava de ver gente. De me cansar fisicamente. O ritmo staccato voltou. Estou nervosa. As frases longas não saem. Só as curtas. As nervosas. As frenéticas.


(Um longo domingo de noivado, foi o filme eleito.)


Assim que o filme começou, recebi uma mensagem. Uma amiga. Estava na presença do meu amor (ou deverei dizer do meu terror??). Alterei-me automaticamente. Toda a fisiologia do meu corpo se alterou. A adrenalina entrou em competição. O sangue invadia o meu cérebro mais rápido do que o habitual. O coração pinchava que nem uma bola saltitona. As ideias atropelavam-se e a concentração era difícil de alcançar. Entrava assim no meu (quase habitual) estado de loucura. Não me conseguia concentrar. O filme passava e os meus olhos corriam para o apanhar.


Já alguma vez se sentiram assim? Claro que já… que pergunta idiota!


A concentração voltou lentamente e fui-me normalizando psicologicamente,


O filme era triste então tinha desculpa para chorar. Estava escuro, ninguém me via. Podia libertar as lágrimas sem vergonha. Como eu queria anestesiar esta dor. Como eu queria adormecer esta loucura.


Hoje o trabalho não me fez chorar; consegui abstrair-me. Mas o amor! Ai o amor… Vou dormir. Estou cansada.


P.S. – O filme é sublime!


 


(O próximo capítulo será publicado no dia 28/03/05)

publicado por missantipatia às 19:14
link do post | comentar | favorito
|
12 comentários:
De Dora a 25 de Março de 2005 às 00:16
Como tens passado? Deixo-te um beijinho e o desejo de uma boa Páscoa :-)


De Yuna a 23 de Março de 2005 às 15:44
Sim,às vezes também fico assim....frenética,apressada,stressada...às vezes nem sei porquê.Gostei deste post ;) beijo**


De roger a 23 de Março de 2005 às 14:29
eu costumo ir ao cinema by myself...dá para aproveitar melhor o filme e para soltar alguma lágrima (se tiver de ser!)

http://alterneactivo.blogs.sapo.pt/

1 abraço.


De diluida a 23 de Março de 2005 às 14:14
pois é... não podemos controlar todas as emoçoes :)


De Peter Pan X a 23 de Março de 2005 às 12:38
Olá Miss Simpatia ;-)
Gostaria de acreditar este Diário é pura ficção e se assim é acho-o SUBLIME, com ritmo e intensidade que nos fazem viver o personagem...
Se por outro lado este Diário é fruto da experiência de uma vida (da tua), fico triste!
Já passei por todo o tipo de "insanidade" a que te referes nos 4 capítulos que publicaste e devo dizer-te que não é fácil.
Por esse motivo querida Miss, independentemente das 2 hipóteses que coloquei, desejo que sejas muito Feliz...
Beijokas.
;-))))


De Amaral a 23 de Março de 2005 às 00:06
Que bom sentir-te mais distraida! Quem bom voltares a sentir-te mulher! Que bom sentir que voltas a sorrir!
Apesar de tudo, de coisas que desconheço, de loucuras que não compreendo, de terrores sem sentido - a tua sensatez e Aquilo que És vão conduzir-te por caminhos seguros e acertados!


De Antonio Dias a 22 de Março de 2005 às 18:28
Uma das tácticas que se devem usar para acalmar é fazer as coisas calmamente: falar, respirar, olhar,sorrir (em vez de rir), tudo.
Muitas vezes, chorar acalma.
E nunca se deve ver uma comédia quando estamos tristes: exerce uma função exactamente contrária.
Um beijo.


De Frog a 22 de Março de 2005 às 16:27
Sim, chorar faz bem... mas as lágrimas deves transformá-ls em coragem para lutares por aquilo que desejas!...

Um forte abraço...


De flor a 22 de Março de 2005 às 11:28
Esse fervilhar do sangue pelas veias, o coração em sobressalto, o olhar e não ver as imagens... todos nós, numa ou outra altura da nossa vida passámos por isso. Mas este é o teu caso, é a tua vida e a tua dor que se revela muito profunda, como um espinho cravado em ti. Os outros não interessam. És tu que aqui estás a desabafar o mais profundo de ti. E a dor de cada um é incalculável, incomparável. Não precisas de ter uma desculpa para chorar. Chora e pronto, já to disse. Seja às escuras ou em plena luz do dia, liberta-te nem que seja pelas lágrimas. Vais reencontrar-te um dia destes, tenho a certeza e tu também tens que acreditar, querida. Beijos grandes. Flor. Mando-te mais tarde um mail, tá? Fica bem.


De Dora a 22 de Março de 2005 às 01:24
Como se costuma dizer, as lágrimas lavam a alma e ainda bem que gostaste do filme! :-)


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
28

29
30
31


.posts recentes

. Diár...

. Diár...

. Ao ...

. Diá...

. Obs...

. Sil...

. Diá...

. Sen...

. Re-...

. Arc...

.arquivos

. Janeiro 2006

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Junho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds