Segunda-feira, 9 de Maio de 2005

Arco-Íris

rosa vermelha.bmp


Dei cor aos meus sentimentos:


Pintei o amor de vermelho – claro!


De azul a ilusão,


De amarelo a angústia


Que me consome o coração.


Pintei a raiva de roxo


Não me perguntem porquê!


Dei à tristeza a cor cinzenta,


Porque assim mal se vê!


Como acho o verde bonito,


Também lhe quis dar um sentimento,


De repente soltei um grito,


E atribui-lhe o tormento!


Restava-me ainda o branco,


O cor-de-rosa, o jasmim…


E o preto andava perdido,


Pois não se encaixava em mim.


Quando a chuva me tocou,


Toda a cor se misturou.


Virei uma nódoa negra,


Que o tempo desgastou.


Agora sinto-me cinzenta,


Mas de um cinzento bem escuro


Porém estendi as mãos


E vi que o vermelho continuava puro!


 


publicado por missantipatia às 22:21
link do post | comentar | favorito
|
16 comentários:
De Viceversa1000 a 23 de Maio de 2005 às 16:48
Volta :)


De Plantacarnivora a 21 de Maio de 2005 às 16:00
Beijócas e volta depressa tenho saudadesssssssssssss


De Viceversa1000 a 18 de Maio de 2005 às 16:24
Afinal não fui só eu que andei desaparecida!!! Volta! Para poderes partilhar connosco estes bonitos e aprazíveis momentos de poesia. Este está maravilhoso. 1 beijinho


De zezinho a 17 de Maio de 2005 às 19:19
Olá. Tudo bem? Espero que sim, apareci por aqui, lindo poema vim aqui encontrar. Já não me lembro de te ler e te receber, espero que nos reencontremos, as coisas acontecem sem se dar por ela. Não sei se já foste ao meu blog novo, que está exposto na identificação para opinar neste post. O quimera está lento, havia algumas queixas e resolvi abrir este novo "http://zezinhomota.blogs.sapo.pt" e de principio será para reposições de poesia especial que saiu no "www.quimera.blogs.sapo.pt" e irei utilizar mais á base de poesia feita por mim, ou deveras trabalhos muito especiais de outros. O quimera vai continuar até ver. Desejo-te boa semana e bjnhs zezinho


De Patrcia a 13 de Maio de 2005 às 22:00
Muito bonito...ainda bem que o vermelho ainda o tens! Quanto ás outras cores, todas elas irão ao lugar. Beijinhos e bom fim de semana!


De Hlder a 13 de Maio de 2005 às 15:08
Magnífico poema... continua assim, sempre cheia de cor.


De duarte(eternal) a 12 de Maio de 2005 às 18:41
A vida é mesmo assim, tem várias tonalidades, e o que distingue tudo é a maneira como vemos e resolvemos e como estamos preparados para enfrentar as tonalidades mais escuras.Mas é a vida, e é o mais importante de tudo é que é tua.
É única
tens jeito para isto =) continua
beijos,Eternal e thanks pelo comment no meu blog


De DarkAngel a 12 de Maio de 2005 às 03:12
Se acenderes várias luzes, o resultado da sua fusão será uma luz branca! Por isso mesmo que te reste a cor da paixão, é com essa cor que deves pintar o teu caminho pois somente a paixão consegue congregar todas as cores da vida...


De Dora a 11 de Maio de 2005 às 17:03
Gostei deste poema, mesmo muito. Mas olha, com a combinação final faz uma sinfonia de cores, não te limites ao cinzento escuro...Beijinhos!


De flor a 11 de Maio de 2005 às 11:10
Podemos vestir-nos de todas as cores. Mas mesmo misturadas, querida amiga, não darão concerteza uma nódoa negra, serão quanto muito um arco-íris, ou pelo menos assim devemos encarar essa mistura. Não te vistas de cinzento. É uma cor que assusta, tal como os dias cinzentos, chuvosos. Mantem vivo o vermelho, a cor do sangue, a cor da vida, da tua vida e o verde. O verde esperança, o verde amanhã, o verde vida. Um beijo muito grande.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
28

29
30
31


.posts recentes

. Diár...

. Diár...

. Ao ...

. Diá...

. Obs...

. Sil...

. Diá...

. Sen...

. Re-...

. Arc...

.arquivos

. Janeiro 2006

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Junho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds