Sexta-feira, 29 de Abril de 2005

Diário de uma louca VIII

dl8.jpg


 VIII


Vazio… Sinto um vazio estranho. Um vazio que me ocupa o âmago.


 A angústia. Voltou a angústia. A ansiedade.


O coração acelera. O estômago embrulha-se e desembrulha-se. O medo, o pavor… Não me consigo concentrar.


Shhh… Não faças barulho.


A minha cabeça parece uma panela de pressão. As ideias vão ao encontro umas das outras. Aguardam para entrar em ebulição.


Shhh… Não faças barulho.


Ai o choro… Apetece-me chorar. Típico! Quando entro em crise de angústia, o choro acompanha-me sempre.


Está preso… Que raiva! Chorar sem lágrimas cansa muito mais… É como se fossem saindo a ferros. Que nem os partos dos anos 80.


Shhh… Não faças barulho.


Ai… não vou conseguir adormecer… Este vazio preenche-me a cabeça. Acorda a minha insónia.


Shhh… Não faças barulho.


Deixa-me dormir.


 

publicado por missantipatia às 21:04
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito
|
Quinta-feira, 21 de Abril de 2005

Calei as palavras

calei.jpg


 


Calei essas palavras,


 


Palavras


 


Duras,


 


Cruas,


 


Nuas…


 


Calei essas palavras com amor.


 


Palavras que eram:


 


Duras de ouvir,


 


Cruas de sentir,


 


Nuas de calor.


 


Calei essas palavras com amor.


 


E agora que calei essas palavras,


 


Elas não gritam mais de dor!


 

publicado por missantipatia às 00:27
link do post | comentar | ver comentários (15) | favorito
|
Domingo, 17 de Abril de 2005

Cromossoma X, Cromossoma Y

cromossomas.bmp


 


Nós mulheres, somos realmente muito simpáticas umas para as outras… Ou não! Isso agora foi o que eu questionei na noite anterior…


Uma coisa que eu reparei nestes últimos tempos é que nós, portadoras de um cromossoma X a mais do que os meninos, somos realmente seres demasiado estranhos! Eles também não jogam fácil mas nós conseguimos realmente complicar o que é simples!


Então a que é que eu me refiro? Simplesmente a cumprimentos de ocasião! Passo a explicar.


Quantas vezes não deram por vocês a dizer um simples “olᔠguarnecido de um camuflado sorriso a alguém que apenas conhecem de vista? Montes de vezes não é? E quantas vezes esse alguém é outra mulher? Raríssimas vezes não?


O que se passa é o seguinte…


Alguém que tenha por hábito frequentar assiduamente o mesmo local de entretenimento nocturno, mais tarde ou mais cedo acaba por reparar que à sua volta há um montão de caras que já se tornaram familiares pois como nós, também são clientes habituais do mesmo “boteco”. O que começa a acontecer é que os rapazes tentam-nos abordar ao fim de umas semanas de convivência espacial. Começam por nos mandar um sorriso acanhado na esperança que nós retribuamos. E nós, armadas em cromossoma X, só lá pró fim do 13º sorriso, é que retribuímos o sorriso que mais tarde evolui para um singelo “olᔠe depois esse olá até vem acompanhado com dois beijinhos… Ou um no caso dos betos! Mas e o que é que acontece com as amigas desses amigos sociais? Que estão sempre lá, como nós, partilham a mesma casa de banho, falam com os nossos amigos que como nós lhes mandam os sorrisos na tentativa de lhes sacarem um olá mas, passam que por nós e olham-nos de alto a baixo sempre sem esboçar um sorriso? É isso mesmo que acontece… Nada! As gajas simplesmente não cedem! E aquela porcaria vira um autêntico festival do sorriso amarelo!! E contra mim falo! Às vezes dou comigo a tentar esboçar um sorriso ao cromossoma X mas nada! As gajas parecem de cera! E provavelmente eu muitas vezes me armo em cromossoma X e não baixo o sorriso amarelo por nada! Gajas!!


Conclusão, as gajas vão criticar as outras gajas, gajas essas que os nossos Cromossomas Y não vão perceber o que têm de mal porque elas até os cumprimentam e falam com eles e lhes dão dois beijinhos… Muito confuso? Nós vamos dizer que os outros cromossomas Y são super simpáticos e os nossos cromossomas Y não são assim. Os nossos cromossomas Y vão dizer que as outras cromossomas X são super divertidas e nada enjoadas como nós! As outras cromossomas X não vão perceber porque é que nós somos assim com elas e nós vamos achar que até somos simpáticas com elas e não percebemos porque é que elas não abrem mão do sorriso amarelo! Beeeemmm…. Até o teclado deita fumo!! Minhas amigas, vamos ser mais “peace and love”!! Afinal de contas estamos todas juntas, no mesmo local, nos mesmos dias, nas mesmas horas, com os mesmo amigos… Porque não sorrir de vez em quando em vez de nos olharmos de alto abaixo para ver se já crescemos uns cms! Prós lados claro!! Com sorrisos, tudo se torna mais simples!

publicado por missantipatia às 17:11
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
|

Crónicas de volta...

Para matar saudades aqui vai uma crónica...
publicado por missantipatia às 16:36
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 14 de Abril de 2005

Diário de uma louca - VII

dl7.jpg


VII


- Então, como se sente?


- Bem… Despedi-me.


- E já começou a procurar alguma coisa?


- Já.


(…)


- E acha que esses complexos surgiram por causa dos namorados?


- Não… Acho que não. Sempre fui um bocado assim.


- Mas porquê? O que é que não gosta em si?


- Oh! Não vou dizer…


- Então! A mim pode dizer.


(silêncio)


- É tão bonita! Tem uma beleza tão invulgar.


- As pessoas dizem que eu sou bonita… e às vezes até começo a acreditar!


(risos…)


(…)


- Mas tem medo de adormecer?? E de acordar?! Ora explique-me lá isso.


- Não sei explicar. Eu sinto medo… é difícil para mim transpor em palavras exactamente o que sinto. Tenho medo de adormecer porque tenho medo de perder algo… não sei mesmo explicar!


- Mas isso é medo da morte!


- Sim, tenho muito medo de morrer. Nunca perdi ninguém próximo e desde que perdi acidentalmente a minha cadela, que penso imenso nisso… na morte.


(…)


- Sim, continuo a pensar nele mas de um modo diferente. Às vezes acho que nem gosto dele; que já é mais uma obsessão. Uma luta interior que criei em que quero que ele seja meu… não sei.


- Pois, pode ser!


- E sei que ele tem outra pessoa, apercebi-me e ver que ela é tão diferente de mim, e para pior, só me dá força… Não sei explicar.


(…)


- Vá, agora concentre-se em procurar trabalho… E nada de angústias.


(Sorrio)


- Vamos marcar a próxima visita. Agora tem tempo né?


(Risos)


- Sim… Agora tenho todo o tempo…


(…)


 


(próximo capítulo publicado dia 23/04/05) 

publicado por missantipatia às 23:41
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Quarta-feira, 13 de Abril de 2005

Borboleta

bbb.jpg


Aquela borboleta


Queria voar


Pousar numa flor


Para a poder cheirar.


 


Aquela borboleta


Queria crescer


Ganhar grandes asas


Queria viver.


 


As asas cresceram


A borboleta voou


E na flor pousou…


 


A borboleta cresceu


As asas caíram


E tão breve morreu.


 

publicado por missantipatia às 01:03
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|
Quarta-feira, 6 de Abril de 2005

Diálogo de sentimentos...

zakia-friends.jpg


Alguém: queria tanto que ele me quisesse muito… mas não sei se isso vai acontecer.


Eu: eu já não quero nada dessas merdas, já não quero que me queiram muito… prefiro que me queiram aos poucos! E no fim, aí sim, que me queiram muito…


Alguém: pois, mas eu queria estar no fim.


Eu: quero que comecem devagarinho, devagarinho… sem aproximar o final; sem aproximar a dor da despedida… sem aproximar o último adeus… o último virar de costas… quero que me queiram muito… mas aos poucos.


Alguém: pois, mas que queria que ele me quisesse muito… já estou farta do quer e não quer.


Eu: mas não adianta que ele te queira muito para depois não te querer mais… não queiras que ele te queira só porque tu queres! Pede para ele querer mais do que tu!


Alguém: pois mas mesmo que me queira aos poucos nada me garante que me vai querer sempre. Queria que ele acordasse e pensasse “para mim é aquela a miúda ideal… a qual com quem eu consigo ser eu… e me divertir… e TUUUDO com ela!”


Eu: eu entendo-te… mas hoje acho que isso não chega… só isso…


Alguém: pois… como eu entendo também isso.

publicado por missantipatia às 23:31
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito
|
Segunda-feira, 4 de Abril de 2005

Diário de uma louca - VI

diario de uma louca6.jpg


VI


 Já não me sinto louca. Resolvi alguns cernes das minhas questões. Adormeci assim a minha loucura. Agora sinto-me feliz. Sinto-me aliviada e quero aproveitar o momento. A angústia vai batendo à porta mas finjo que não a ouço. O meu amor também passeia pelo meu pensamento. As dúvidas, as incertezas, o não saber se quero ou se não quero,,, mas eu finjo que está tudo bem.


Sinto-me calma. Sem vontade de chorar. Mas confesso que temo o regresso à loucura. O regresso da dor… A dor volta sempre às nossas vidas. Faz parte do nosso crescimento mas… aquela dor mortal, que nos vai destruindo… essa eu não quero sentir outra vez…


(Dás-me um abraço? Queria tanto um abraço teu!)


Às vezes o meu maior problema é confiar demais nas pessoas… Não consigo aprender! Quando vou aprender a deixar para trás a inocência? Que horas são? Ai ai… tenho que ir…


 


(Próximo capítulo editado dia 14/04/05)

publicado por missantipatia às 22:22
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|
Sexta-feira, 1 de Abril de 2005

Esquecimento

Queria pedir desculpa porque esqueci-me de avisar quando ia publicar o próximo caítulo do Diário de uma louca e já várias pessoas me perguntaram o que veio depois. Dia 04 de Abril, já na próxima 2ª feira, publicarei a continuação... E já se poderá ver o depois! =) Desculpem a minha pouca assiduidade aos vossos blogs mas tenho andado cheia de trabalho! Um abraço
publicado por missantipatia às 00:34
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
28

29
30
31


.posts recentes

. Diár...

. Diár...

. Ao ...

. Diá...

. Obs...

. Sil...

. Diá...

. Sen...

. Re-...

. Arc...

.arquivos

. Janeiro 2006

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Junho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds