Segunda-feira, 20 de Junho de 2005

Obsessão de te ter

a111.jpg



Optei


Bastantes vezes


Sujeitar-me a


Efémeros momentos


Sofrendo em


Silêncio e


Assim,


Omitir o meu sentir.


Dentro de cada


Encontro


Tracei


Etapas que nunca


Terão sido atingidas


E assim fui sofrendo e


Rezando para que fosses meu…


 

publicado por missantipatia às 00:32
link do post | comentar | favorito
|
16 comentários:
De Double S a 2 de Julho de 2005 às 21:17
por vezes é assim mesmo, fazemos coisas totalmente irracionais em nome de algo que queremos, que desejamos mais que tudo. Já o fiz, não me arrependo, mais vale tr tido um momento de alegria do que viver no marasmo do nada. Força para as tuas conquistas.


De gerifalto a 1 de Julho de 2005 às 14:57
somos seres aditos. Viciamo-nos em algo, quase sempre fruto do exterior, e humilhamo-nos por uma pequena dose.
Pergunto-te não o que tu tens, mas quem és tu.
abraço
pf


De Amaral a 28 de Junho de 2005 às 20:21
O "ter" é mais do que obsessão! O querer ter faz parte do ego humano. O ego quer, e todas as vontades têm que ser-lhe prestadas para que ele se satisfaça. Ninguém "tem" nada em absoluto, porque quando morrer não o leva consigo. Tudo é propriedade do universo, que vai atribuindo e depois recebendo.
"Ter" uma pessoa não faz sentido, porque toda a pessoa é livre de não ser de ninguém…


De eternal a 28 de Junho de 2005 às 16:49
Penso que todas as letras do teu post , tal como a muitos, se enquadram em mim...quantas e quantas vezes não sofremos já por não termos o que ansiamos ter..
Muito bem.Continua
Bjos


De Rafa a 28 de Junho de 2005 às 09:50
Fdx...vcs teenagers são fudidas pah! No fundo o q querem é rambóia!! Porque é q n dizem logo...FUDER!! Mas se tens menos de 17 anus..FUGA!!!


De Plantacarnivora a 24 de Junho de 2005 às 22:08
Olá, perdi-te algures por aí, mas acabei de dar uma espreitadela nos meus primeiros post´s e achei-te, vim visitar-te e vejo um poema triste, onde a esperança teima em querer desaparecer! Não deixes, cria ânimo, a esperança é a última a morrer. Luta pelo teu desejo, não desistas nunca, tá. Bom fds e beijócasssssssss


De l-life_angel-l a 24 de Junho de 2005 às 17:59
Costumo ter mto essas "obsessões". quanto mais as alimento mais eu sofro.
"Optei
Bastantes vezes
Sujeitar-me a
Efémeros momentos"
Também eu.. e penso que todos nós!
********+


De PaperFlower a 24 de Junho de 2005 às 17:08
É muito frustrante percebermos que estamos demasiado agarradas a alguém, sob uma forte dependência. É como um vício. Mas como todos os vícios, basta ter força de vontade para lutarmos contra ele..e superarmos**


De guerreira a 24 de Junho de 2005 às 15:54
Tens a certeza que há quem mereça tamanho esforço?


De perdida nas palavras a 23 de Junho de 2005 às 16:53
E isso doí tanto... e não é viver... beijinho


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
28

29
30
31


.posts recentes

. Diár...

. Diár...

. Ao ...

. Diá...

. Obs...

. Sil...

. Diá...

. Sen...

. Re-...

. Arc...

.arquivos

. Janeiro 2006

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Junho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds